Estudo de Caso - Hospital da Universidade de Nottingham

Visão Geral 

O Hospital da Universidade de Nottingham NHS Trust (NUH) é um dos maiores fundos de ensino universitário no país. É composto pelo Queen’s Medical Centre (QMC), Nottingham City Hospital e Ropewalk House, uma unidade no Centro de Nottingham onde estão localizados os serviços de audição. 

O Fundo presta serviços de especialidade e de doenças agudas a 2,5 milhões de pessoas em Nottingham e nas imediações do campus do QMC City Hospital e na Ropewalk House. 

Recentemente, o NUH decidiu que era necessário um novo sistema para otimizar o processo de recolha de sangue e o fluxo de pacientes em geral, no departamento de recolha de sangue de pacientes externos. 

 

O Desafio 

O NUH definiu os seguintes objetivos, como parte das necessidades de serviço e de negócio: 

  • Uma solução de gestão do fluxo de pacientes, que diminuísse o tempo de espera e que reduzisse o número de desistências de pacientes (sem concluir o procedimento médico). 
  • Uma solução de gestão de recursos humanos, que permitisse um equilíbrio dinâmico do volume de trabalho entre os diferentes serviços da enfermaria.
  • Ferramentas para melhorar a  experiência do paciente global, abordando questões como os diferentes idiomas dos visitantes ou fornecendo informações aos pacientes.

 

A Solução 

O Q-Flow foi instalado no Hospital da Universidade de Nottingham durante o último trimestre de 2010 como suporte ao departamento de recolha de sangue. Os resultados mostram uma melhoria significativa para os pacientes.

  • Registou-se uma surpreendente melhoria de 50% no tempo de espera durante os períodos de mais movimento.
  • Fora dos períodos mais movimentados, o tempo de espera desapareceu. 
  • Os tempos de espera mais curtos também reduziram o número de pacientes que tiravam uma senha e que se iam embora antes de tirarem sangue.

Ao tirar partido do módulo "Impressão a Pedido" Q-Flow, as etiquetas de sangue são impressas automaticamente pelo Q-Flow, sem necessidade das enfermeiras escreverem à mão as etiquetas de cada análise efetuada, criando assim uma maior eficiência de cada membro da equipa. 

Foram instalados PC de ecrã tátil em cada cubículo de tratamento, com um teclado incorporado para uso clínico para facilitar o acesso e a introdução de dados dos pacientes. Ao utilizar este hardware concebido especificamente para este efeito, as enfermeiras conseguem encontrar facilmente as fichas dos pacientes, através de uma solução de integração otimizada a partir de um sistema existente baseado em Oracle. 

 

Steve Davidson, Diretor de Serviço, Serviços de Hemostasia e Trombose: "A introdução do Q-Flow em ambulatório permitiu-nos ter mais conhecimento acerca das necessidades do nosso serviço. Desde que foi introduzido, conseguimos criar uma base de dados valiosa que nos permite prever os dias e horas em que poderemos necessitar de recursos adicionais. Também nos diz quais é que são os nossos períodos mais calmos, para que possamos encaminhar os recursos para outras áreas".

 

Steve Davidson acrescentou ainda "Podemos agora analisar mais a fundo o desempenho do nosso pessoal e garantir que a diversidade de competências é a correta, o que por sua vez nos ajuda a prestar um serviço mais eficiente.

"Este sistema traduz automaticamente as informações do paciente apresentadas nos ecrãs para outros idiomas. Por exemplo, mensagens importantes sobre a segurança do paciente ou cuidados de higiene das mãos podem ser apresentadas em qualquer idioma escolhido pelo paciente quando tira a sua senha. Após o número do paciente ser chamado, todas as mensagens no ecrã irão refletir novamente os idiomas escolhidos pelos restantes pacientes." 

"O feedback do pessoal e dos pacientes tem sido excelente e os pacientes notaram uma verdadeira redução dos tempos de espera e uma melhor organização do serviço. Os pacientes estiveram envolvidos no desenvolvimento e deram-nos ideias para melhorar as páginas de informações apresentadas no ecrã. Sentimo-nos realmente encorajados por estas sugestões e iremos continuar a trabalhar para implementar as melhorias sugeridas pelos pacientes." 

Uma posterior integração com uma solução de agendamento em todo o hospital permite uma melhoria nos canais de comunicação entre os departamentos, dando a todas as enfermarias acesso para gerir as análises de sangue dos pacientes e agendá-las de acordo com os pacientes individuais e com o tratamento necessário. 

Notícias e Eventos

  • Q-nomy lança o Q-Flow® 6 2017-02-02
  • Q-nomy apresenta otimização do percurso de pacientes em tempo real na HIMSS 2017 2017-01-11
  • Cumberland Building Society lança marcações online com o Q-Flow 2016-12-14
Contacte-Nos